Estação Morada
20:00 Às 00:00
AO VIVO
Advogada morre após ter complicações depois de fazer cirurgia bariátrica
01/03/2024, 11h
A advogada e coordenadora pedagógica Simone Maria da Silva teve complicações após uma cirurgia bariátrica e morreu, em Goianésia, no centro goiano. De acordo com a família, a mulher teve infecções, causadas pelo rompimento de uma das suturas do estômago.

A Polícia Civil informou que o caso será investigado e que a família da vítima será intimada para prestar depoimento. A Polícia Científica não informou qual foi a causa da morte.

A sobrinha Lara Caroliny diz que a tia sonhava em fazer a cirurgia, porque sempre sofreu com muitas críticas e brincadeiras de mau gosto sobre sua aparência. Simone passou pela bariátrica no dia 19 de janeiro no Hospital Santa Luzia, em Goianésia. A advogada entrou no centro cirúrgico às 17h e saiu às 01h30, mais de oito horas de cirurgia.

“Era uma conquista para ela. Depois de tantas críticas, tantos apelidos, ela resolveu fazer a bariátrica”, contou a sobrinha, considerada “filha postiça” da vítima.

No pós-operatório Simone reclamava de dores. Dois dias depois, segundo Lara, o médico identificou infecções e pediu que a advogada fosse internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Carlos, em Goiânia, para ter um atendimento mais cuidadoso e completo. Ela teve uma melhora e foi liberada para o quarto uma semana depois.

“Ela ficou uma semana no quarto, quando foi na quinta-feira resolveram refazer a bariátrica dela para tirar a infecção, pois estava muito infeccionado. Fez e ela voltou para a UTI e não saiu mais”, lamentou a sobrinha.
Segundo a família, Simone teve uma fístula no estômago - quando a sutura feita na cirurgia bariátrica se rompe e acaba causando infecções dentro da barriga. Com o agravamento do estado de saúde, a advogada precisou ser entubada e fazer hemodiálise, mas não resistiu e morreu na quarta-feira (28).

Homenagens
Nas redes sociais, o curso de direito da Faculdade Evange?lica de Goiane?sia, onde Simone trabalhava como coordenadora pedagógica, lamentou a morte dela.

“Sabemos que nenhuma palavra nesse momento e? capaz de trazer qualquer conforto, por isso oramos e esperamos em Deus que conforte toda fami?lia, e que a Paz que excede todo entendimento, tome conta dos corac?o?es aflitos”, disse o comunicado.

Lara também usou as redes para prestar homenagens para a tia. “Você deixou um legado lindo aqui. Obrigada por tudo, espero te encontrar em breve. Meus dias agora serão cinzas. Te amo infinitamente”, afirmou.

Fonte: Por Larissa Feitosa, Leicilane Tomazini, g1 Goiás
Rua Dalila Jaime, s/nº, Q25 L13 - Setor Pauzanes - CEP: 75904-025 - Rio Verde, GO
WhatsApp (64) 3621-4433
Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados!